Páginas

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Um Feliz Ano Novo!

Vamos abrir nossos corações e receber o Ano Novo com ânimo redobrado, com novas expectativas e forças, com o pensamento mais leve e otimista. Sabemos que o mundo não é o ideal, aquele de nossos sonhos, que por enquanto vamos continuar a conviver com a violência, a indiferença, o desamor, o preconceito e tantas outras coisas desagradáveis, que não vamos mudar radicalmente nosso jeito de ser e sim tentar enxergar o mundo com olhos mais tolerantes e otimistas, que podemos colaborar tentando aceitar melhor as pessoas, os acontecimentos da vida, sermos mais fraternos, mais simples e menos orgulhosos.

Façamos um esforço para nos livrarmos do pessimismo e do desalento. Analisemos nossos atos e vejamos o que nos desagrada neles, tentando mudar os aspectos que achamos negativo em nós, que pode ir de libertar-se de um vício até desfazer-se de uma relação que já se desgastou e está nos causando sofrimento. Plantemos uma pequena semente, de fé, esperança, fraternidade, tolerância, amor, seja lá do que for, e estaremos ajudando na melhora geral de vibração de nosso planeta.

Segundo o grande poeta Drumond, no ano novo "não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na Gaveta. Não precisa chorar de arrependimento pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto da esperança a partir de Janeiro as coisas mudem e seja claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver. Para ganhar um ano-novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo".

Sintamos a vida em toda a sua plenitude, joguemos fora o medo e as limitações, busquemos o melhor, amemos mais, compartilhemos a amizade, o esclarecimento e o respeito. Assim como os fogos coloridos, deixemo-nos levar, subir às alturas com eles, mentalizando nossos desejos mais sinceros e acreditando que eles também conseguirão subir ao alto, penetrarem no universo, retornarem com força e se concretizarem.

Lembremo-nos que os meios mais eficazes para que possamos ter êxito em todos os setores de nossa vida, seja em nível profissional, espiritual, social, afetivo, passa necessariamente pelos caminhos da paciência, da perseverança, da tolerância, da amizade , do perdão e da humildade, pois só quando nos dispusermos a seguir os caminhos das virtudes e dos sentimentos verdadeiros é que conseguiremos ir adiante, crescermos verdadeiramente.

Muitas pessoas não percebem que para nos darmos bem na vida é necessário revestirmo-nos principalmente da tolerância e da persistência. Isso em todos os campos de nossa vida, e especialmente no profissional, onde, sem a tolerância necessária, dificilmente vamos nos dar bem com as outras pessoas e nos sentirmos bem com a vida. Relacionar-se bem com todos é uma meta importante que podemos colocar em prática no ano que se inicia.

Antes de brindarmos o Ano Novo, festejemos também o ano que finda, não somente como dias que passaram, mais como passos importantes em nossa caminhada, trechos de nossa vida que podem ter sido tristes, alegres, felizes, infelizes; dias de temores, de angústias, de solidão, de perdas; mas também de ganhos, descobertas, de realizações, amizades e amor. Vamos festejar o prazer de estarmos desfrutando de todas as experiências da vida, sejam elas boas e más. Comemoremos cada conquista, cada aprendizado, cada vitória; O bem que fizemos e o mal que conseguimos superar.

Que ondas e energias positivas inundem seu ser o fazendo revestir-se de ânimo novo e vontade de quebrar as barreiras que o impedem de seguir adiante com coragem, força e vontade. Que consiga a paz necessária e boas vibrações para "romper" o ano com vontade de crescer em todos os sentidos, de colaborar, ajudando no meio onde está inserido, procurando manter um pouco que seja de fé e amor em seu coração e procurando doar compreensão e tolerância. Vamos, então, transformar o mundo onde vivemos num mundo melhor, pensando, procurando ensinar e ajudar aquele que precisa, os amigos, a família e as pessoas maravilhosas que cruzam nosso caminho e nos ofertam amor e amizade.

Desejo um ano maravilhoso para todos vocês! Felicidades e muita paz. Sigamos avante, para o alto e com um sorriso no rosto!

Paz e luz a todos


Texto de Guilhermina Batista Cruz, do site "Somos Todos Um"

Olá flores do meu jardim, com este texto maravilhoso da Guilhermina Cruz, eu fecho com chave de ouro as postagens de 2012 aqui no meu cantinho! Que possamos todos nós refletir sobre estas palavras, buscando colocar em prátca tudo aquilo que seja positivo, construtivo, não apenas para nós, mas para o coletivo! 
Estarei em férias a partir de amanhã, vou aproveitar para descansar, passear, colocar as visitas em dia, viajar, programar as metas para 2013...mas sempre que tiver um tempinho, venho correndo dividir meus momentos com vocês, amigos do coração!! 
Desejo que em 2013 a luz, o amor, a fraternidade, a alegria, a prosperidade, a saúde, a harmonia, a esperança, façam parte de suas vidas!! 
Muita luz pra todos nós!!

Beijos, e Feliz Ano Novo!!♥

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Decida-se!

Lógico que você merece ser feliz
Um sonho é para ser realizado, e o seu está cada vez mais maduro.
Tenha atitudes positivas: a noite você sonha, de dia realize.
Eleve seu pensamento a Deus diariamente e agradeça tudo que conquistar.

Por favor, não se compare com ninguém.
Entenda de uma vez por todas que você é único.
Lance seu desafio ao Universo e diga:
Agora é a minha vez!

Sua determinação é do tamanho da sua necessidade.
Uma estrada só se vence quando se dá o primeiro passo e sem olhar para a distância.
As boas novas se conquistam com pequenos gestos.

Faça de cada dia, um novo dia de vitória.
Esqueça o passado, perdoe!
Liberte-se de qualquer amarra que possa te segurar no cais da tristeza.
Insista mais um pouco, dê mais um passo.
Cuide de seus pensamentos e suas palavras. Use tudo com bom senso.
Invista na sua paz, diga não quando precisar.
Dedique alguns minutos para cuidar de você diariamente.
Apaixone-se por tudo o que for fazer. Compre a idéia. Vista a camisa.
Definitivamente, eu não conheço ninguém mais pronto para prosperar.
E ser feliz, é a escolha que te cabe nesse momento. Você merece!

Eu acredito em você!


Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Doe-se!

Ninguém perde tempo quando ajuda outro alguém!
Pode ser com uma palavra de conforto,
um abraço no silêncio da emoção mais forte.
Pode ser um sorriso que alegra, ou chorar junto em momento de pura tristeza.
Ajudar quem a gente gosta é maravilhoso,
ajudar os desconhecidos é fantástico,
e ajudar quem a gente não gosta, é divino!

Por isso, antes de ficar parado olhando o tempo, esperando a mega-sena que nunca chega, vá fazendo o que é possível,
o que está no seu alcance.
Antes de querer salvar o mundo, salve a sua casa, salve seu cachorro, salve seu gatinho…

Doe aquilo que não vai lhe fazer falta:

doe amor!
É simples, barato e quanto mais você doa,
mais recebe de volta!
Este é o verdadeiro significado da lição que o Mestre Jesus deixou:
- É dando que se recebe!

Doe-se!

Pode ser na gentileza no ônibus,
ao ceder o seu lugar para outra pessoa.
Na escola, ao fazer silêncio e colaborar com a aula.
No trabalho, ao cumprir seu horário com dedicação.

O doar-se é fazer algo a mais, é colocar o seu toque.

Que o seu toque seja generoso, bom de se lembrar,
que as pessoas quando pensarem em você,
lembrem-se de alguém “especial”.
Porque talvez você não saiba,
mas é uma pessoa especial.

Talvez, falte apenas uma oportunidade de demonstrar-se,

de exibir essas qualidades que andam escondidas.

Doe-se!

Ainda que seja no silencio da cadeira da doação de sangue,
no corredor escuro das celas da prisão,
no leito do hospital aos pés do desconhecido,
na oração fraterna que sai dos seus lábios,
e alcança Deus, que na sua infinita misericórdia,
derrama agora, sobre todos nós,
a sua paz!
Que esta paz o alcance agora…
Eu acredito em você!

Paulo Roberto Gaefke

Amigos queridos, vamos nos doar, não somente nesta época em que a nossa sensibilidade está mais aflorada, e que muito se fala em amor e solidariedade por todos os cantos, mas vamos nos doar durante todos os dias do ano! Amar, se doar, praticar a gentileza, sorrir, fazer o bem, são atitudes que beneficiam muito mais a quem faz do que a quem recebe, e depois que descobrimos isso na prática, fica muito mais fácil e prazeroso! Vamos entrar nesta onde de mudanças, de vibrações positivas, e dar uma mãozinha para a evolução do nosso tão amado planeta, pois a mudança começa dentro de cada um de nós! Ao invés de nos melindrarmos ao menor sinal de contrariedade, vamos refletir em que importância isso realmente tem em nossa vida, se vale a pena perder o nosso equilíbrio e harmonia diante de coisas tão pequenas! Sim, pois quando conseguimos sair de nós mesmos, e olhamos as situações sob outro ângulo, percebemos que os melindres são insignificantes, diante da imensidão da vida! Que a luz se faça presente em nossas vidas, diariamente! 
Beijos!!♥

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A Interferência do Destino

Nunca as pessoas procuraram tantas fórmulas para buscar serenidade e compreensão diante dos dilemas emocionas da vida. Muitos fazem terapia, outros se apoiam em medicamentos, há os que consomem literatura filosófica, psicanalítica ou de autoajuda, há quem busque respostas na astrologia, os que se consolam na religião, mas ainda que tudo isso (ou algo disso) ajude a lidar com os questionamentos que nos pertubam, nada parece convincente o bastante. Alguém consegue ter 100% de certeza sobre as escolhas que deve fazer? Vai ou fica? Arrisca ou espera? Aceita ou recusa? Todos os dias tomamos decisões, a maioria delas corriqueira, mas há momentos em que nos sentimos paralisados pela dúvida. O tão propagado autoconhecimento nós dá uma pista sobre o caminho a seguir, mas decidir é sempre tenso e desgastante. Nessas horas de extrema fragilidade é que a gente torce para que não seja preciso decidir nada: tudo o que se quer é que o destino interfira.
E ele interfere. Um telefone que toca, um email que chega, um convite que é feito, uma pessoa que nos é apresentada. Uma trivialidade qualquer pode dar a você as respostas que não tinha. Ou simplesmente aniquilar com suas perguntas, o que é ainda melhor. Tudo o que se espera do destino é que ele assuma o comando por nós.
Exemplo: uma amiga estava tentada a ceder às investidas do ex-marido, mesmo sabendo que a relação não tinha mais combustível. Ainda sentia algo por ele, mas temia sofrer tudo o que já havia sofrido antes. Ainda assim, pensava: por que não dar outra chance? Por outro lado, vale a pena percorrer o mesmo caminho já trilhado? Enquanto se consumia entre o medo de voltar para um amor insatisfatório e o medo de perdê-lo para sempre, o destino resolveu o caso: ao entrar no elevador pela manhã, ela encontrou um moço que estava perdido, sem saber em que andar descer para visitar um amigo. Dias depois recebeu um email desse mesmo moço e o resto da história fica a critério cada um.
Outro exemplo: um homem havia recebido uma proposta para trabalhar em São Paulo, mas isso significaria ter que deixar a mulher e a filha em Porto Alegre, já que a carreira bem-sucedida dela a impedia de acompanhá-lo. Ele, por sua vez, estava ganhando mal, sentindo-se degiado no emprego, e a nova oferta de emprego solucionaria essa questão, mas não tinha vontade de ir sozinho para uma cidade onde não conhecia ninguém. Fosse qual fosse a decisão tomada, haveria um custo emocional. Foi passar um feriado no Uruguai para espairecer e pensar melhor, ganhou uma bolada no cassino e investiu o dinheiro numa pequena sociedade com um ex-colega da faculdade, alterando completamente seu rumo profissional, sem precisar se mudar.
Vai ou fica? Arrisca ou espera? Que o destino, de vez em quando, decida por nós. A gente merece uma trégua.

Martha Medeiros 

 

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Participando: Papo de Comadre

Bom dia, queridos amigos!! Olhem só que ideia legal a Lilian do blog "Só Tutoriais e Ideias Legais Pra Casa e Pra Vida" está compartilhando! É uma forma de divulgarmos os nossos cantinhos e conhecer novos amigos pela blogosfera afora! A Lilian é uma pessoinha muito querida e amável, ela tem outros blogs maravilhosos, estou sempre por lá, vale a pena visitar! Adorei a ideia, e já estou participando! 
Bom amigos, esta semana está bastante corrida e cheia de afazeres (confraternizações, amigos-secretos, preparativos...), mas não vou deixar de fazer as minhas visitas, dentro do possível, claro, nos cantinhos de vocês!! Desejo que esta semana seja agraciada pela luz e pela harmonia, que não nos deixemos levar pelas correrias e ansiedade do consumismo que tanto nos faz mal, que tenhamos bom senso, amor, paciência e tolerância com aqueles que passarem pelo nosso caminho!! Muita Luz!! Beijos!!♥

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Meio da Vida

Vida é o que existe entre o nascimento e a morte. O que acontece no meio é o que importa.

No meio, a gente descobre que sexo sem amor também vale a pena, mas é ginástica, não tem transcendência nenhuma. Que tudo o que faz você voltar pra casa de mãos abanando (sem uma emoção, um conhecimento, uma surpresa, uma paz, uma ideia) foi perda de tempo.


Que a primeira metade da vida é muito boa, mas da metade pro fim pode ser ainda melhor se a gente aprendeu alguma coisa com os tropeços lá do início. Que o pensamento é uma aventura sem igual. Que é preciso abrir a nossa caixa preta de vez em quando, apesar do medo do que vamos encontrar lá dentro. Que maduro é aquele que mata no peito as vertigens e os espantos.

No meio, a gente descobre que sofremos mais com as coisas que imaginamos que estejam acontecendo do que com as que acontecem de fato. Que amar é lapidação, e não destruição. Que certos riscos compensam – o difícil é saber previamente quais. Que subir na vida é algo para se fazer sem pressa.


Que é preciso dar uma colher de chá para o acaso. Que tudo que é muito rápido pode ser bem frustrante. Que Veneza, Mykonos, Bali e Patagônia são lugares excitantes, mas que incrível mesmo é se sentir feliz dentro da própria casa. Que a vontade é quase sempre mais forte que a razão. Quase? Ora, é sempre mais forte.


No meio, a gente descobre que reconhecer um problema é o primeiro passo para resolvê-lo. Que é muito narcisista ficar se consumindo consigo próprio. Que todas as escolhas geram dúvida, todas. Que depois de lutar pelo direito de ser diferente, chega a bendita hora de se permitir a indiferença.


Que adultos se divertem muito mais do que os adolescentes. Que uma perda, qualquer perda, é um aperitivo da morte – mas não é a morte, que essa só acontece no fim, e ainda estamos falando do meio.


No meio, a gente descobre que precisa guardar a senha não apenas do banco e da caixa postal, mas a senha que nos revela a nós mesmos. Que passar pela vida à toa é um desperdício imperdoável. Que as mesmas coisas que nos exibem também nos escondem (escrever, por exemplo).


Que tocar na dor do outro exige delicadeza. Que ser feliz pode ser uma decisão, não apenas uma contingência. Que não é preciso se estressar tanto em busca do orgasmo, há outras coisas que também levam ao clímax: um poema, um gol, um show, um beijo.


No meio, a gente descobre que fazer a coisa certa é sempre um ato revolucionário. Que é mais produtivo agir do que reagir. Que a vida não oferece opção: ou você segue, ou você segue. Que a pior maneira de avaliar a si mesmo é se comparando com os demais. Que a verdadeira paz é aquela que nasce da verdade. E que harmonizar o que pensamos, sentimos e fazemos é um desafio que leva uma vida toda, esse meio todo.


Martha Medeiros 

Sou apaixonada por estas crônicas da Martha...Sempre leituras muito agradáveis e nos trazem sempre alguma reflexão. Aliás, este é um ótimo momento para reflexão, final de um ano, início de um novo. Novo ano, novo ciclo, e com ele, novas esperanças, novos sonhos, novos objetivos, novas perspectivas. E a cada início de ano, tudo se renova! E a cada balanço de final de ano, percebo que amadureci mais um pouquinho. Todos nós vamos amadurecendo ao longo do tempo, uns mais cedo, outros demoram um pouco mais...mas o que importa, é que sabemos que todos estamos aqui para evoluir, crescer, se melhorar, nos ajudando mutuamente. Então, como está o seu balanço de final de ano, já começou??

Beijos!!♥

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Outro Portal 12/12/12, Somente daqui a 100 Anos!

  Outra combinação numérica 12/12/12 acontecerá novamente no dia 12 de dezembro de 2112, ou seja, daqui a 100 anos exatamente.
 
            Toda data que traz uma sequencia numérica sempre mexe profundamente com o imaginário popular. Nesse caso especificamente teremos a abertura do último portal energético antes do portal do dia 21/12/12. Isso faz com que estejamos atravessando um período de turbulências e muitas mudanças estão em curso no planeta terra. Essas alterações estão relacionadas com algo maior, ou seja, o ciclo galáctico. “Assim como é em cima é em baixo”!

            Estamos no fim de um grande ciclo e isso exige tomadas de decisões no sentido de limparmos as gavetas da alma e dos armários. Quando mudamos da antiga morada para a nova, é de praxe deixar o que não é útil para trás. Nesse momento estamos sendo chamados a nos despedirmos do velho padrão, representados nos pensamentos, atitudes, vícios, etc. Descartar a bagagem obsoleta acelera em muito a evolução e o crescimento individual. A limpeza interior traz paz, alegria, felicidade, prosperidade, sorte e bom humor. Quando isso ocorre elevamos nosso padrão vibratório e, por conseguinte acontece a abertura do fluxo de bênçãos sobre nós.

            Esse é o último portal energético antes do final do grande ciclo galáctico anunciado para esse mês (21/12/12). As mudanças radicais esperadas pelos fatalistas não se confirmarão, mas estão em cursos mudanças reais e podemos sentí-las por intermédio das emoções que estão à “flor da pele”. Mas procure manter a calma, não alimentando desavenças e desentendimentos. A serenidade é uma amiga sábia que está sempre disposta a nos dar a mão.

            A mudança a nível de DNA pela qual está passando humanidade, não começou agora, mas nesse momento o processo está acelerado. Olhe a sua volta e perceberá que todos estão agitados, nervosos e uma boa parte com problemas emocionais, em alguns casos necessitando de auxílio de profissional. Os consultórios que tratam do campo energético e mental nunca estiveram tão cheios! Os medicamentos “faixas pretas” aumentaram de forma exponencial nos últimos tempos. É difícil encontrar alguma pessoa que não tenha um parente ou amigo com síndromes e doenças ditas modernas, tais como: síndrome do pânico, depressão e fibromialgia. Uma das causas principais desse fenômeno é o afastado do seu eu interior e da espiritualidade. Quanto maior o afastamento de Deus, maior o nível do problema!


 O QUE FAZER:
  • Diminua seu ritmo.
  • Conecte-se com a natureza, tire seu calçado, pise na grama e deite na grama, abrace ou toque as árvores.
  • Medite!
  • Fique o maior tempo possível só, visando à reflexão.
  • Procure pessoas ou grupos que auxiliem na elevação do espírito.
  • Beba muita água.
  • Mantenha a calma.
  • Evitem alimentos pesados como carnes e vegetais sem alma (transgênicos).
 NUMEROLOGIA: 

            Numerológicamente falando, essa data possui outra curiosidade, pois a soma total desses números (12/12/2012) quando reduzida é onze (11). O onze é uma das vibrações mestres que possui uma energia e vibração acima da média. O fluxo de luz divina estará jorrando de forma exponencial nas 24 horas deste dia. Vemos nesse momento, como nunca vimos antes, uma quantidade enorme de pessoas reunidas nos mais variados cantos do planeta com um único objetivo: elevar os pensamentos ao alto visando à melhora interior e por consequência da vida como um todo.
Aproveite esse momento sublime para eliminar carmas negativos e acelerar seu processo evolutivo!

Fonte: Vyctor Ben-hur Gonçalves, é sócio fundador do Espaço Violeta e membro da equipe Luz da Serra. Escritor, palestrante, psicoterapeuta, mestre de reiki e professor de numerologia.

Amigos, vamos mentalizar a luz entrando em nosso planeta, pois este processo nos auxiliará nas mudanças que precisam ser feitas e que já estão acontecendo. Então, desejo que o dia de hoje seja de plena harmonia e paz, em clima de amor e compreensão.
Beijos!!♥

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Quer Melhorar o Mundo?

(...)A intolerância é a mãe de todos os problemas.

Olhe para o próximo e enxergue nele o seu reflexo. Cada um à sua volta reflete algo de você mesmo. Preste atenção a quem lhe desagrada, pois com grande probabilidade estará refletindo coisas desagradáveis de você, mas que você não é capaz de enxergar em si mesmo.
Sempre que estiver vivenciando uma situação difícil, pergunte-se qual lição lhe está sendo ensinada. Quando achar a resposta advinda da sua introspecção, os caminhos lhe serão mais suaves.
Pratique o sentimento da compaixão compartilhando as dores e o sofrimento de quem estiver em situação de desgraça, sem qualquer julgamento da situação.
Ama o próximo como a ti mesmo e faça aos outros o que gostaria que lhe fizessem, mas sem esperar nada em troca, pois se você esperar retribuição ou gratidão por suas ações, você será vítima do grilhão do apego.
Faça o que fizer, não seja para ser admirado e invejado pelos outros. Apenas agradeça a quem lhe propiciar oportunidade de prestar serviço.
O ser humano mais precisa de amor quando menos ele fizer por merecer.
A amizade mais importante é a de você consigo mesmo. É você ser seu melhor amigo. Enquanto assim não for, você estará dividido, estará se contrariando e não estará ouvindo a sua voz interior.
Não remoa pensamentos sobre ofensas recebidas.
Não julgue os outros e também não julgue a si mesmo. Perdoe aos outros e perdoe a si mesmo.
Não fuja do sexo, da ambição, do poder, do dinheiro. Aceite-os e torne-se plenamente consciente deles. Assim poderá perceber como são insignificantes e poderá transcendê-los.
Tente estar plenamente consciente do que fala, do que pensa e de qualquer dos seus atos. Se conseguir isso, sua consciência já não será a mesma e você terá uma percepção expandida.
Não se apegue demasiadamente ao corpo e nem à vida, senão você não terá coragem suficiente para alçar voo e libertar-se da atração que o prende à Terra.


Com estes ensinamentos e pela meditação é possível melhorar o mundo. Tudo depende de um sincero, dedicado e contínuo trabalho de cada um consigo mesmo. Portanto, se realmente você quiser melhorar o mundo, comece por melhorar a si mesmo. Para isso, preste atenção a tudo o que você faz. Observe-se, analise-se e, sem tentar justificar os seus erros, reconheça as suas falhas quando errar. Se for sincero consigo mesmo, perceberá o muito que você ainda tem que se empenhar para tornar-se apenas um pouquinho melhor. Mas não desanime, pois os esforços individuais, por pequenos que possam parecer, nunca serão desperdiçados porque a soma dos esforços gera um campo de força capaz de provocar repentinas e grandes mudanças. Esforce-se sem se preocupar com os resultados, pois eles serão uma consequência natural. E com a soma dos seus esforços, você certamente estará ajudando na construção de um mundo bem melhor!


Texto extraído do site "Somos Todos Um", de Renato Mayol.



Amigos, hoje eu deixo aqui um texto para a nossa reflexão, e que por sinal achei muito bom! Acredito que este é o momento de realizarmos as mudanças necessárias em nós, e estamos tendo muitas oportunidades de crescer e nos tornarmos pessoas melhores. Basta que tenhamos "olhos para ver". Precisamos mudar o nosso mundo interior, para que o exterior comece a mudar também, afinal, o mundo externo é reflexo do nosso mundo interno. Proponho para nós, que durante toda essa semana, mentalizemos a luz! Imaginemo-la entrando em nós, através do nosso chacra coronário (que fica no alto da cabeça), e saindo por todo o nosso corpo, através dos outros chacras. E que essa luz alcance as pessoas que convivem conosco, seja familiares, colegas de trabalho, vizinhos, ou simplesmente, aquelas pessoas que passam por nós na rua, no ônibus , no supermercado...que esta luz alcance os animais, as árvores, tudo o que estiver á nossa volta! E que ela suba ao infinito universo, conectando-nos com os seres de luz que velam por nós de lá! Nesta semana, vamos pensar e falar de amor, de luz, de bem, de coisas boas e positivas!! Vamos nos conectar com mais frequência com o nosso Criador! E, no final da semana, vamos fazer um balanço de como foi pra cada um de nós, esta experiência. Aceitam a proposta??


Linda e abençoada semana à todos!! 
Beijos da Mari!!♥

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

O Melhor


Estamos obcecados com "o melhor".

Não sei quando foi que começou essa mania, mas hoje só queremos saber do "melhor".


Tem que ser o melhor computador, o melhor carro, o melhor emprego, a melhor dieta, a melhor operadora de telemóvel, os melhores tenis, o melhor vinho.


Bom não basta.


O ideal é ter o top de linha, aquele que deixa os outros para trás e que nos distingue, nos faz sentir importantes, porque, afinal, estamos com "o melhor". Isso até que outro "melhor" apareça e é uma questão de dias ou de horas até isso acontecer.


Novas marcas surgem a todo instante.

Novas possibilidades também.

E o que era melhor, de repente, nos parece superado, modesto, aquém do que podemos ter.


O que acontece, quando só queremos o melhor, é que passamos a viver inquietos, numa espécie de insatisfação permanente, num eterno desassossego.


Não desfrutamos do que temos ou conquistamos, porque estamos de olho no que falta conquistar ou ter.


Cada comercial na TV nos convence de que merecemos ter mais do que temos.


Cada artigo que lemos nos faz imaginar que os outros (ah, os outros...) estão vivendo melhor, comprando melhor, amando melhor, ganhando melhores salários.


Não se relaxa, porque temos que correr atrás, de preferência com o melhor tenis.


Não que a gente deva se acomodar ou se contentar sempre com menos. Mas o menos, às vezes, é mais do que suficiente.


Se não conduzo a 140, preciso realmente de um carro com tanta potência?


Se gosto do que faço no meu trabalho, tenho que subir na empresa e assumir o cargo de chefia que vai me matar de stress porque é o melhor cargo da empresa?


E aquela TV de não sei quantas polegadas que acabou com o espaço do meu quarto?


O restaurante onde sinto saudades da comida de casa e vou porque tem o "melhor chefe"?


Aquele champu que usei durante anos tem que ser substituido porque agora existe um melhor e dez vezes mais caro?


O cabeleireiro do meu bairro tem mesmo que ser trocado pelo "melhor cabeleireiro"?


Tenho pensado no quanto essa busca permanente do melhor tem nos deixado ansiosos e nos impedido de desfrutar o "bom" que já temos.


A casa que é pequena, mas nos acolhe.


O emprego que não paga tão bem, mas nos enche de alegria.


A TV que está velha,(ou o frigorífico, ou o fogão etc) mas nunca teve defeito.


O homem (mulher) que tem defeitos, como nós, mas nos faz mais felizes do que os(as) homens (mulheres) "perfeito(a)s".


As férias que não vão ser na Europa, porque o dinheiro não deu, mas vai me dar a chance de estar bem.


O rosto que já não é jovem, mas carrega as marcas das histórias que me constituem.


O corpo que já não é mais jovem, mas está vivo e sente prazer.


Será que a gente precisa mesmo de mais do que isso?


Ou será que isso já é o melhor e na busca do "melhor" a gente nem percebeu?


Sofremos demais pelo pouco que nos falta e alegremo-nos pouco pelo muito que temos.



Leila Ferreira


Este texto da Leila Ferreira reflete a realidade da maioria das pessoas no mundo de hoje. Trouxe aqui pro blog para que possamos refletir nas nossas prioridades, e fazer uma análise no quanto estamos valorizando as coisas mais simples e importantes da nossa vida, como a família, os amigos, a nossa saúde e bem estar, a harmonia em nosso lar...
É claro que todos nós queremos o melhor, isto é natural e saudável, mas é preciso que haja bom senso na aquisição do "melhor". Eu acredito que quando semeamos amor, fazemos o bem e evitamos o mal, cultivamos bons pensamentos e sentimentos, desejamos o melhor para o próximo, falamos com delicadeza e paciência, mantemos a nossa vibração elevada o maior tempo possível, somos gentis e otimistas, mantemos uma conexão diária com Deus, entre outras coisas, automaticamente recebemos o melhor! A vida nos retribui de acordo com o que damos. 
O melhor da vida não está no conforto, na tecnologia, na imagem, no poder, que muitas vezes gera arrogância, incita o orgulho e o egoísmo, incentiva a vaidade. O melhor da vida está nos pequenos detalhes do dia a dia, que na maioria das vezes, passam despercebidos. Pra mim, o melhor da vida é ter saúde, um lar para me abrigar, uma família unida e solidária, ver meus filhos e neta felizes e realizados, sendo pessoas de bem, é ter um emprego que me sustente e a oportunidade de estudar para ser uma pessoa melhor, fazer trabalho voluntário, exercer a minha mediunidade para o bem. É viajar, conhecer novos lugares, fazer novos amigos, trocar experiências, blogar, ler bons livros, ouvir música, dançar, alcançar os sonhos ou simplesmente, cumprir as metas, fazer cursos, aprender coisas novas, tirar férias. É rir até cair no chão e chorar ao assistir um comercial sobre a gentileza, andar de balanço nas alturas, sentir o cheiro do verde, ver o pôr do sol, o colorido das flores e o seu perfume, ouvir o canto dos passarinhos. É ter a certeza da presença de Deus na minha vida, com todo o seu infinito amor, é sentir Jesus me carregando no colo nos piores momentos, é acreditar na eternidade da vida e ter a certeza do reencontro na outra vida. O melhor, é deitar a cabeça no travesseiro todas as noites e ter a certeza de que eu fiz o meu melhor neste dia, que eu aprendi mais um pouquinho, que eu perdoei e passei, que eu abençoei e amei, e não fiz nem desejei nenhum mal a ninguém. Nada pode ser melhor do que a minha consciência em paz com Deus!!

Beijos da Mari!!♥

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Soltar as Mãos

As vezes, precisamos largar as mãos da Vida.
Principalmente quando estamos nervosos demais.
Aguardando aquela resposta, aquele resultado,
Ou simplesmente aflitos pelo dia que ainda nem chegou.
Relaxe!
A vida sopra o dia em pequenas rajadas de acontecimentos.
Tudo tem o seu momento, o seu tempo de realizar-se.
Seja você aquele que dirige a sua vida,
ainda que sem as mãos, cheio de emoção,
guiado pela intuição,
inspirado pelo coração.
Vibrando aquela alegria quase infantil,
certo de que no final daquela curva,
na próxima esquina,
a Felicidade te espera para mais um momento incrível.
Solte as mãos da Vida e descubra que Alguém te guia.
Ainda que você não o veja, Deus te acompanha
e deseja que você descubra o prazer de viver,
na simplicidade do dia que foi feito pra você.
Dia de crescer na paz e na riqueza de ser “mais você”!

Paulo Roberto Gaefke 
 
Amigos queridos, essa dica de hoje diz tudo! Estou em um momento crucial, especial, e não devo sair por aí gritando aos quatro ventos (embora esteja louca pra fazer isto), não até eu ter uma posição definitiva sobre a minha situação! Por isso, trouxe hoje este texto maravilhoso do Paulo Gaefke, que reflete bem o meu momento. Pois parece que ele escreveu pra mim, imaginando este período da minha vida. Sabem quando a gente tem um sonho, o maior de todos os que já tivemos, e estamos na iminência de realizá-lo?? É exatamente neste ponto que me encontro. E uma mistura incrível de sentimentos me invadem a todo momento. Tenho plena certeza da realização dele, porém, talvez ainda não seja o momento. Talvez, eu ainda tenha que esperar mais um pouco...talvez...mas, um passo muito importante foi dado agora. Como se diz: "Foi dada a largada"!!! Torçam por mim!! Eu prometo que assim que tudo se resolver, venho correndo contar pra vocês, toda a história, pois para entender o sonho, primeiro vocês terão que conhecer a história que existe por trás dele. Estou radiante!!! Desejo muita luz e paz para todos nós!!

Beijos da Mari!!♥

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Escolhe Outra Vez

Escolhe pela Luz!

Este é o momento que temos que tomar a decisão sobre de que lado queremos estar: do Amor ou do Medo.


O ‘inferno’ trata-se de um estado interior, mental, emocional, onde não existe felicidade nem paz. Um estado dominado pelo ego, pelo medo, e seus aliados, como a raiva, a tristeza e a depressão, o sentir-se injustiçado, e por aí vai… Onde a culpa e o julgamento são constantes.


Temos, há milênios, escolhido o medo como companheiro, e com ele, o drama, a tragédia, a dor e todos seus aliados. E, pela Lei da Atração, que atua nesta terceira dimensão, recebemos de volta aquilo que mandamos para fora, em pensamentos, palavras e obras. Eu diria, principalmente, em pensamentos e emoções. As emoções são os gatilhos que colocam os nossos pensamentos em ação para a criação. Se queremos criar momentos agradáveis, felizes, abundantes, de paz, devemos conectar-nos com estas emoções e sentimentos.


Tudo que se pode apreciar com os cinco sentidos, passou antes pela mente e determinação humana.

Criar um sonho feliz tem seus méritos, mas entregar-se à Guia do Espírito de Luz que vive em cada um de nós, disponibilizando-nos para trabalhar a favor dos semelhantes, levando a Sua Luz a todos que nos forem indicados, que possam se beneficiar dos nossos talentos. Esta é a meta máxima para os humanos. Elevar-nos a um estado de Consciência Divina, recordando-nos da nossa Verdadeira Natureza espiritual, como Filhos Perfeitos de Deus que somos.


Não importa o Caminho que você escolha, se ele o leva a este estado de leveza e harmonia é o Caminho certo.


A meditação diária, exercícios físicos moderados, alimentação integral e balanceada, e principalmente o cuidado constante com o que se pensa e com os nossos sentimentos é a receita perfeita para uma vida tranquila e feliz. 


Tomar tempo, diariamente, para cuidarmos de nós mesmos, entrarmos em contato com o nosso interior, limparmos qualquer negatividade, assim que ela surgir, nos faz sermos pessoas melhores, e permitem cumprirmos com o nosso objetivo nesta passagem terrena, finalmente, que é a Iluminação.

Então: ”Escolhe outra vez, se queres tomar o teu lugar entre os salvadores do mundo.” 


Fonte: Lena Rodriguez, do Blog "Liberdade do Ser".


Olá pessoas, achei bem interessante este txto que encontrei lá no Blog "Liberdade do Ser", da Lena Rodriguez...Acho mesmo que este é o momento oportuno de escolhermos a luz como guia em nossas vidas!! Vamos seguir estes práticos conselhos da Lena e viver melhor!
Deixo aqui uma foto do meu passeio de final de semana, que por sinal estava maravilhoso, quem puder, dá uma chegadinha na Serra Gaúcha e comtempla as decorações natalinas que estão lá, por toda a parte!! Vale muito a pena!!


Beijos da mari!!♥ 


quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Perca o Medo de Sorrir Para a Vida

Pressão no trabalho, o príncipe encantado que não aparece, falta de entendimento com os próprios familiares ou amigos… Às vezes parece que o mundo conspira contra nós, não? Resultado: você acaba sentindo uma enorme tristeza. Sem essa, viu, leitora? Porque a vida é assim mesmo, cheia de altos e baixos.

Se está nessa situação, trate de dar um basta. Sem essa de clima pesado. Lembra o que falei sobre responsabilidade? Pois é hora de assumir a sua e dar a volta por cima. Você até pode dizer que tem problemas e que a vida é cheia de testes e desafios. Concordo. Mas esse pacote faz parte da nossa evolução. Então reaja!

Só você pode movimentar seu interior, modificar-se e, assim, ficar bem. Não sinta culpa. Não estou aqui para condená-la. Muitas de nossas limitações têm origem na infância, e até antes, em outras vidas. Ou seja, atraímos para o nosso convívio certos tipos de personalidades – como a rainha das tragédias ou a vítima – e nos influenciamos por elas!


Pois é, pessoal, tristeza tem muito a ver com a postura da vítima. “Coitada de mim, não consegui aquele emprego, coitada de mim, não amo, nem sou amada”, e por aí vai. Qualquer que seja a situação que não se concretiza, a maioria das pessoas acaba no “pobre de mim”. Ai, não aguento isso… E falo mais: o “pobre de mim” é a criatura sem potencial e sempre triste, negativa e desanimada.


São pessoas que esperam pouco da vida e passam a ser o capacho das outras. Magoam-se com facilidade, são superfrágeis. Gente, acorda! Sabia que, por mais que uma pessoa seja sensível, a vida vai cobrar igual de todo mundo? Sim, todos nós somos chamados a encarar desafios. Não tem jeito! E a pessoa frágil diante de uma situação delicada torna-se dramática, se recolhe e se deprime mais. Que futuro essa infeliz terá?


Fica aí o alerta. O que é, você está com raiva de quem te humilhou ou feriu? Só rindo, mesmo. A gente quer tudo fácil na vida, não é? Pois é, a tristonha também costuma ser mimada. Não há no mundo alguém que não tenha sido provocada, exigida e desafiada. Vamos lá: faça uma análise e descubra a verdadeira razão dessa tristeza. Quem teve momentos melhores é porque saiu do baixo-astral, buscou e conseguiu conquistar. Força! Agora é a sua vez.


Luiz Antônio Gasparetto 



Olá amados amigos, final do ano está aí, novembro já era...começam as correrias, as festas, as confraternizações, amigos secretos, etc., etc...esse ano eu prometi pra mim mesma que não vou entrar nesta onda de consumismo desenfreado, estresse, filas! Ahhh, não!! Esse ano eu quero paz!! Claro que vou atender aos eventos sociais e participar das confraternizações, mas sem estresse! Manter a calma e o bom humor ajuda a enfrentar esses momentos conturbados...senão, a gente nem aproveita este período tão gostoso, que é o final de ano, o final de um ciclo e o início de outro! Já estou elaborando a minha lista de realizações e mudanças para 2013!! 
E você, já começou a sua??
Beijos da Mari!!♥