Páginas

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Quer Melhorar o Mundo?

(...)A intolerância é a mãe de todos os problemas.

Olhe para o próximo e enxergue nele o seu reflexo. Cada um à sua volta reflete algo de você mesmo. Preste atenção a quem lhe desagrada, pois com grande probabilidade estará refletindo coisas desagradáveis de você, mas que você não é capaz de enxergar em si mesmo.
Sempre que estiver vivenciando uma situação difícil, pergunte-se qual lição lhe está sendo ensinada. Quando achar a resposta advinda da sua introspecção, os caminhos lhe serão mais suaves.
Pratique o sentimento da compaixão compartilhando as dores e o sofrimento de quem estiver em situação de desgraça, sem qualquer julgamento da situação.
Ama o próximo como a ti mesmo e faça aos outros o que gostaria que lhe fizessem, mas sem esperar nada em troca, pois se você esperar retribuição ou gratidão por suas ações, você será vítima do grilhão do apego.
Faça o que fizer, não seja para ser admirado e invejado pelos outros. Apenas agradeça a quem lhe propiciar oportunidade de prestar serviço.
O ser humano mais precisa de amor quando menos ele fizer por merecer.
A amizade mais importante é a de você consigo mesmo. É você ser seu melhor amigo. Enquanto assim não for, você estará dividido, estará se contrariando e não estará ouvindo a sua voz interior.
Não remoa pensamentos sobre ofensas recebidas.
Não julgue os outros e também não julgue a si mesmo. Perdoe aos outros e perdoe a si mesmo.
Não fuja do sexo, da ambição, do poder, do dinheiro. Aceite-os e torne-se plenamente consciente deles. Assim poderá perceber como são insignificantes e poderá transcendê-los.
Tente estar plenamente consciente do que fala, do que pensa e de qualquer dos seus atos. Se conseguir isso, sua consciência já não será a mesma e você terá uma percepção expandida.
Não se apegue demasiadamente ao corpo e nem à vida, senão você não terá coragem suficiente para alçar voo e libertar-se da atração que o prende à Terra.


Com estes ensinamentos e pela meditação é possível melhorar o mundo. Tudo depende de um sincero, dedicado e contínuo trabalho de cada um consigo mesmo. Portanto, se realmente você quiser melhorar o mundo, comece por melhorar a si mesmo. Para isso, preste atenção a tudo o que você faz. Observe-se, analise-se e, sem tentar justificar os seus erros, reconheça as suas falhas quando errar. Se for sincero consigo mesmo, perceberá o muito que você ainda tem que se empenhar para tornar-se apenas um pouquinho melhor. Mas não desanime, pois os esforços individuais, por pequenos que possam parecer, nunca serão desperdiçados porque a soma dos esforços gera um campo de força capaz de provocar repentinas e grandes mudanças. Esforce-se sem se preocupar com os resultados, pois eles serão uma consequência natural. E com a soma dos seus esforços, você certamente estará ajudando na construção de um mundo bem melhor!


Texto extraído do site "Somos Todos Um", de Renato Mayol.



Amigos, hoje eu deixo aqui um texto para a nossa reflexão, e que por sinal achei muito bom! Acredito que este é o momento de realizarmos as mudanças necessárias em nós, e estamos tendo muitas oportunidades de crescer e nos tornarmos pessoas melhores. Basta que tenhamos "olhos para ver". Precisamos mudar o nosso mundo interior, para que o exterior comece a mudar também, afinal, o mundo externo é reflexo do nosso mundo interno. Proponho para nós, que durante toda essa semana, mentalizemos a luz! Imaginemo-la entrando em nós, através do nosso chacra coronário (que fica no alto da cabeça), e saindo por todo o nosso corpo, através dos outros chacras. E que essa luz alcance as pessoas que convivem conosco, seja familiares, colegas de trabalho, vizinhos, ou simplesmente, aquelas pessoas que passam por nós na rua, no ônibus , no supermercado...que esta luz alcance os animais, as árvores, tudo o que estiver á nossa volta! E que ela suba ao infinito universo, conectando-nos com os seres de luz que velam por nós de lá! Nesta semana, vamos pensar e falar de amor, de luz, de bem, de coisas boas e positivas!! Vamos nos conectar com mais frequência com o nosso Criador! E, no final da semana, vamos fazer um balanço de como foi pra cada um de nós, esta experiência. Aceitam a proposta??


Linda e abençoada semana à todos!! 
Beijos da Mari!!♥

6 comentários:

Élys disse...

Precisamos,realmente, estarmos sempre conscientes em todos os momentos para evitarmos errar...

Proposta aceita, vamos mentalizar a luz com muita ternura.
Beijos,
Élys.

Kellen Bittencourt disse...

Proposta mais do que aceita amiga, será muito bom fazer este balanço com vc, e o texto realmente é excelente, gosto muito de refletir sobre mudanças e sobre o meu potencial sobre elas! Bjooooss

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Mari!Lindo texto,com grandes ensinamentos.Obrigada pela visita e pelo comentário.Você não pegou o selinho do meu blog.Está ao lado direito,é um buquê de flores.Ficarei feliz em vê-lo aqui.

Bjs.

Carmen Lúcia

Denise disse...

Mari, tenho feito exercícios sobre o que o texto cita. A mudança é difícil, pois carregamos nossos defeitos há milhares de anos. Mas a persistência faz com que possamos progredir um pouquinho a cada dia e assim conquistando a felicidade. Muita paz!

Fernanda Sartori Costa disse...

Mari querida,
O que eu mais quero é melhorar e praticar a minha tolerância e aceitação,
E concordo com você, a grande sacada é nos mudar.
Um beijo.

Eliete disse...

Mari, uma bela escolha.Um texto muito profundo.Queria ter um pouquinho mais de tempo para curtir seu blog e aprender mais com o que vc nos presenteia.bjs