Páginas

terça-feira, 10 de julho de 2012

Todos Contra o Trabalho Infantil

O trabalho infantil no Brasil ainda é um grande problema social. Milhares de crianças ainda deixam de ir à escola e ter seus direitos preservados, e trabalham desde a mais tenra idade na lavoura, campo, fábrica ou casas de família, muitos deles sem receber remuneração alguma.
Apesar de no Brasil, o trabalho infantil ser considerado ilegal para crianças e adolescentes entre 5 e 13 anos, a realidade continua sendo outra. Para adolescentes entre 14 e 15 anos, o trabalho é legal desde que na condição de aprendiz.

A inclusão precoce de crianças e adolescentes no mundo do trabalho traz consequências negativas, que interferem diretamente em seu desenvolvimento. Ao serem inseridos de forma precoce no mundo do trabalho, os garotos e garotas podem ficar expostos a riscos de lesões físicas, além de estarem suscetíveis a situações de maus-tratos e exploração por parte de seus empregadores. Todo este contextocompromete a segurança, a moral e a saúde física e psicológica das crianças e adolescentes. A exploração da mão-de-obra infantil pode ainda afetar o processo de escolarização dos meninos e meninas, prejudicando o seu desenvolvimento e, portanto, o seu futuro.
Hoje, no Brasil, a exploração do trabalho infantil está presente em diversos ambientes, tanto privados como públicos. Em toda a América Latina, segundo a OIT, uma de cada dez crianças e adolescentes está em situação de trabalho infantil, em suas mais diversas formas. Ou seja, ele pode estar na casa das pessoas, no restaurante do bairro, na esquina daquela avenida... Há ainda aqueles cuja prática é menos recriminada socialmente, como o trabalho rural e o doméstico, e até aqueles relacionados a atividades ilegais, com a exploração sexual e o tráfico de drogas.

Fonte: www.direitosdacriança.org.br

Amigos, vamos lutar contra essa agressão aos nossos pequenos! Tirar o direito à infância de uma criança é crime! Não podemos fechar nossos olhos para essa infeliz realidade. Denuncie!!



Tenham um ótimo dia!! Beijos!!♥

6 comentários:

Mafalda S. disse...

Sou absolutamente contra o trabalho infantil. As crianças devem estar na escola e ser educadas para serem futuros adultos responsáveis. A elas caberá a gestão do mundo de amanhã. O que lhes acontecerá se os impedirmos de crescer, de dar oportunidades que só se conseguem com a escola?

Não imaginava que esse problema ainda assumisse essas dimensões no Brasil. É algo que tem de ser melhorado.

Beijinho

Tunin disse...

Acabei de vir do Toninhobira. Ele trata deste mesmo assunto.
É triste como uma situação dessa ainda continua existir por aqui.É preciso tomar uma decisão enérgica (governo X autoridades X sociedade)para que essa vergonha tenha fim.
Excelente o teu post.
Abração.

ValériaC disse...

Me junto a ti querida, com absoluta certeza sou contra o trabalho infantil...tudo a seu devido tempo e infância, não é tempo de trabalhar e muito menos de ser explorado, mas sim de brincar, estudar, se desenvolver e se preparar para o futuro.
Beijinhos,
Valéria

Denise disse...

Como vc bem diz, o trabalho infantil tira a oportunidade da criança preparar-se para o futuro, através dos estudos. E pior do q o trabalho infantil é a exploração através da prostituição. Nosso país ainda tem muito a progredir nas questões sociais. Não é só dar o bolsa... que irá resolver a pobreza do Brasil. Muita paz!

PINTA ROXA disse...

Se aão crianças devem viver como tal, crescer e aprender a serem adultos, não serem obrigados a viver sem uma infância...
bjoss

Kellen Bittencourt disse...

Oii Mari, uma pena que essas práticas ainda sejam "comuns" p muitos, a exploração infantil devia ser crime hediondo pois compromete toda a vida de uma criança, porém muitas vezes é o governo o maior culpado! Bjoooss

Estou retornando e junto trazendo um sorteio mineirinho lá no blog, sua participação será bem vinda!